ANEEL apresenta suas propostas para ampliar segurança do mercado.

A ANEEL apresentou, em evento realizado em São Paulo, suas propostas para dar mais segurança às operações no mercado livre de energia, durante fórum de debates realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, disse à plateia, formada por agentes do mercado, que as propostas da agência foram construídas a partir de intenso diálogo com o setor.

Não desenhamos essas propostas fechados no gabinete. Esse é um debate multilateral, fruto de demandas que vieram do próprio mercado“, disse Pepitone.

A proposta da ANEEL baseia-se em três ações principais. A primeira é a chamada de margem passar a ter periodicidade semanal. “Isso desidrata um eventual problema, diluindo no mês, e aumenta a segurança “, disse Pepitone.

A segunda proposta é a de aprimorar os critérios de entrada para atuar no setor de Comercialização de energia, e aqueles que já atuam terão prazo para se adequarem, e a terceira, o desenvolvimento de indicadores para os comercializadores.

Além de Pepitone, participaram do evento, pela ANEEL, os diretores Efrain Cruz e Rodrigo Limp. O Fórum contou ainda com a presença do presidente do Conselho de Administração da CCEE,  Rui Altieri, e do secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ricardo Cyrino.

Fonte: ANEEL