Brasil integra plano global sobre preço do carbono, a pedido da OCDE.

A OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) convidou o Brasil para participar de um plano global a respeito do preço do carbono, de modo a evitar disputas comerciais em meio à descarbonização do mercado mundial. A precificação do carbono é uma forma de tributar os poluidores pelo carbono que emitem no meio ambiente. Em carta ao Ministro da Economia Paulo Guedes, a OCDE busca trabalhar na definição do preço do carbono, examinando seu impacto na economia.

No Congresso Nacional, encontra-se em trâmite o PL 528/2021, de autoria do Deputado Federal Marcelo Ramos (PL – AM), que trata da regulação do mercado de crédito de carbono brasileiro. O Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP – AL), já afirmou que buscará celeridade na tramitação da matéria, objetivando a sua aprovação antes do fim da COP 26 (26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas).