Compromissos climáticos da Conferência das Nações Unidas sobre as mudanças climáticas de 2021 – COP26.

Em 2015, com a assinatura do Acordo de Paris, houve o comprometimento de nações e empresas para limitar o aquecimento global. Contudo, o Brasil, dentre os países do G-20, foi o que mais regrediu em suas ambições de reduzir as emissões de CO2, aponta relatório da ONU divulgado em 26.10.2021. Em que pese a meta de limitar o aquecimento a 1,5º C, dados apontam para um aumento de, no mínimo, 2,7º C neste século.

Em prol da sustentabilidade ambiental, a Petrobras planeja cortar 30% das emissões de carbono até 2030, como, por exemplo, reduzir a queima de gás em tocha, aumentar ganhos de eficiência energética, armazenar geologicamente CO2, etc. O Banco Itaú anunciou a adesão ao NET-ZERO, acordo global liderado pela ONU, para reduzir a emissão de gases de efeito estufa à zero, até 2050 Desde 2016, a instituição financeira não emite emissão de carbono em suas operações e em seus consumos. A partir de agora, a política ambiental do Banco Itaú também envolverá as empresas por ele financiadas, as quais deverão também observar a transição para uma economia de “zero” carbono.