Pular para o conteúdo
  • Home
  • Áreas de Atuação
  • O Escritório
  • A equipe
  • Revistas
  • Mídia
  • Notícias
  • Contatos

Descartar embalagens de forma incorreta facilita ação de golpistas

O descarte incorreto de embalagens oriundas de compras on-line, desde um pedido por delivery até pedidos em lojas de roupas, pode acabar gerando dores de cabeça aos consumidores. A afirmação é feita pois, em notas fiscais ou nas próprias caixas e embalagens é possível ter dados que podem servir para que golpistas consigam identificar o consumidor.

Esse tipo de informação pode ser retirado de um simples escaneamento de código de barras, de um cartão de crédito mal descartado ou até mesmo de documentos vencidos. Portanto é importante que todos tenham a noção de como se deve descartar esse tipo de conteúdo.

De acordo com o delegado Emmanoel David, da delegacia de estelionato de Curitiba, “no estelionato, o melhor remédio é a prevenção. […] É uma conduta simples de simplesmente cortar ou picar esses elementos e posteriormente não vai ter dor de cabeça”.


Curadoria: Victor Silva e Leonard Marques
Revisão: Gabriel Cosme

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você está sinalizando que aceita a nossa política de uso.

Para mais informações, consulte as nossas Políticas de Privacidade.