Home

O escritório

Áreas de Atuação

A equipe

Blog

Entre em contato

Cobertura de terapias para TEA ampliada por planos de saúde

STJ determina cobertura de terapias para beneficiários com transtorno do espectro autista, por operadoras de planos de saúde

O Superior Tribunal de Justiça decidiu pela ampliação da cobertura de terapias especializadas para beneficiários em tratamento de transtorno do espectro autista (TEA), pelas operadoras de planos de saúde.

A discussão do processo julgado pela Corte tratava do dever de cobertura das terapias multidisciplinares, como psicopedagogia, equoterapia e musicoterapia, para o tratamento de TEA.

A Segunda Seção do Tribunal, apesar de reconhecer a taxatividade do rol de procedimentos da ANS, decidiu negar provimento ao recurso da operadora de plano de saúde, ratificando a abusividade da recusa de cobertura dessas terapias prescritas para o tratamento do TEA.

Em relação à psicopedagogia, concluiu a Relatora que embora não haja regulamentação legal específica, é considerada uma especialidade da psicologia e, por isso, deve ser entendida como contemplada nas sessões de psicologia, as quais são obrigatórias e ilimitadas pelas operadoras de planos de saúde, especialmente no tratamento multidisciplinar do TEA.

Além disso, a decisão ressaltou que a equoterapia e a musicoterapia são métodos eficientes de reabilitação para pessoas com deficiência, sendo imperiosa a cobertura dessas terapias pelas operadoras, aos beneficiários que apresentem transtornos globais do desenvolvimento.


Fonte: STJ | Julgamento de processo em segredo de justiça, julgado em 20/02/2024.

Compartilhe esta publicação